Porque parece que eu estou crescendo

terça-feira, 28 de abril de 2009
Artesanato de Antonio de Castro

Sim, ele ligou. No domingo mesmo. Lá pelas três da tarde.

Eu fiquei surpreso quando vi seu nome aparecendo no meu display. Eu até parei para tentar lembrar quem era o dono daquele nome por pura falta de costume.

Eu não ligaria. Eu estava com vergonha. Pelas coisas que lembrava ter dito na noite anterior e pelo que não lembrava também. Pelo meu estado na cama dele. e pela pena com que ele me tratara, nem encostando um dedo em mim durante a noite.

Isso, da gente não ter ficado, depois cheguei à conclusão de que dava sinais de um bom caráter. Eu não ia achar legal se ele tivesse ficado comigo naquele estado. Provavelmente sentiria mais vergonha. O bastante para nem atender seu telefonema.

Mas eu atendi. Deixando claro que lembrava quem era ele. Queria ser gentil. Tanto quanto ele tinha sido comigo na noite anterior, me levando para casa dele, aturando meu papo de bêbado chato e recalcado e ainda ligando para mim pela tarde.

Ele perguntou se tinha me acordado, eu disse que não, que não consegui dormir e ele lembrou da minha experiência estranha com Red Bull. Foi o suficiente para lembrar que eu tinha bebido uma lata inteira num gole só e sujado a minha blusa nova e cara! Essa mancha amarelinha era disso então?

Ele perguntou se eu tinha chegado bem em casa e me pediu desculpas por não ter me levado, como se u fosse do tipo que vale a pena levar em casa. Se eu tivesse ficado com alguém que estivesse naquele estado que eu estava, eu não ligaria de não ter levado o dito cujo para casa. Não mesmo.

Mas ele parecia se importar. Ele disse que nem me ofereceu carona porque teria de acordar cedo par viajar. Que, na verdade, estava conversando comigo no aeroporto, indo para Goiás.

Eu fiz questão de não perguntar o que ele ia fazer em Goiás, mas estou curioso até agora.

Disse a ele que tentei achá-lo no Orkut, mas não encontrei. Esqueci de dizer que não sabia se seu sobrenome era Lima ou Lemos. E ele continuou a conversa dizendo que ia me adicionar no MSN. Que as coisas ficavam mais fáceis assim, a comunicação.

Dei meu MSN a ele com a promessa de que ele me mandaria o link do perfil do Orkut dele. Mas ele não me adicionaria naquele dia, justamente por causa da viagem. Viagem que ele não me disse quanto tempo duraria.

Nem eu perguntei. Aliás, não perguntei muitas coisas, não. Esqueci mesmo de todas as perguntas. Ou não tinha nem pensado nelas ainda. Foram tantas coisas nesse dia. E eu tava morrendo de cansaço sem conseguir dormir.

Ele se despediu de mim assim, dizendo que me ligava e que me mandava e-mail. Eu não acreditei nem desacreditei. Também não estou esperando. Sei lá, nem lembro se ficar com ele tinha sido bom o bastante para eu querer de novo.

Desliguei o telefone, voltei para o computador e fiz o que tinha de fazer no resto do meu domingo.

Nada.

PS.: Ontem assisti Divã. O filme é ótimo, bem melhor que Se Eu Fosse Você?. Traz uma discussão interessante sobre o papel dos problemas na nossa vida. Saí do filme com a sensação de que não sou tão pobre coitado assim. E nem foi preciso ver uma história mais triste que a minha. Era só uma história.

Ouvindo: Por que não eu? – Leoni

6 críticas:

Mariana disse...

è bom quando a gente fica indeferente assim, se ele ligar-mandar email-add no msn, otimo! Senão bola pra frente!!

Ps. to bem, só sentindo o gosto amargo da rejeição...não confie em carinhas de cabelos cacheados e olhos cor de mel, no fim de tudo eles so queria te levar pra cama, e nem querem de novo...

bjim

A.M.B disse...

Pq nao eu? parece nunca ser o suficiente neh.

hahaha

pelo menos esse ai nao vai se
à la-eu neh ahuahhauuah.

abracaoooo

Maçãzinha disse...

Passando pra conhecer...
=]

Bruno disse...

Só de ele ter ligado já significa muito... Eles nunca ligam, eles não precisam, então eles nunca ligam!
Então... Torcendo por vc!

Diego Silva disse...

Significa que vc foi importante pra ele...a ponto dele ter te ligado no dia seguinte é um grande avanço para um próximo passo: Um novo encontro.

Abraços!

Candy disse...

Realmente, se ele ligou é porque de alguma forma ele se importa. E ele também quer manter contato contigo, o que também significaque ele não quer te perder de vista. Alguma coisa tem aí.

Sorte 4U