Sex-appeal

segunda-feira, 19 de outubro de 2009
Artesanato de Antonio de Castro


Não sei por que mas me sentia bem hoje, quando saí de casa. Minha calça não estava apertada, a camiseta pólo não marcava a gordura na área da barriga, calçava o tênis que eu mais gostava e o sol estava lindo.

A sensação era de atração, sabe? Que eu atraía os olhares de todas as pessoas, que eu estava bonito. Tão bonito quanto confortável. Eu estava confortável com a imagem que eu ostentava hoje pela manhã.

Na faculdade, os comentários confirmaram. Todos reparavam em algo de novo em mim, algo que eu não sabia o que era, mas que eu também percebera no momento em que terminei de me arrumar. Elogiaram minha roupa, alguns o meu progresso com a dieta, outros a minha pele, que aos poucos melhorava.

Meu ego ia inflando, do mesmo jeito que as horas do dia iam passando. A cada pessoa que eu encontrava, um comentário novo, que me alegrava mais e fazia eu me sentir mais confiante. Agora eu fico pensando pra quê preciso de confiança. Eu não preciso de confiança em nada porque não estou tentando nada.

Mas eu estava.

Mais um menino da faculdade, mais um que eu descobri ser gay, através do meu amigo-cheio-de-sex-appeal. Eu não tenho sex-appeal. Definitivamente. Isso me entristece, gostaria de ter sex-appeal, sentir que sou atraente. E, sinceramente, arrisco a dizer que isso não tem nada a ver com gordura ou magreza. É como você se porta. E eu me porto como uma criança. Nem um pouco sexy. Nem um pouco atraente.

Esse menino me olhava. E eu achei que algo aconteceria ali. Ele é da minha turma de Álgebra Linear. Ele tem Twitter. Eu decidi seguir ele. Mas eu nunca troquei uma palavra com ele. Sim, isso é típico de mim. Se interessar por alguém que você não conhece é algo que eu diria com facilidade que eu poderia fazer. E mais uma vez eu fiz.

Ele não me seguiu no Twitter. Eu nem liguei pra isso. Hoje quando ele entrou na sala, ele me olhou de novo. Com olhos de quem lembra “Ah, é, você decidiu me seguir, né?”. Eu retribuí o olhar. Imaginando na minha mente fértil que assim nascia uma relação. Essas relações só existem na minha mente.

Mas eu estava bonito. Ou me sentia bonito. Era o momento perfeito para algo acontecer. Era o dia perfeito. Se todo mundo percebeu e comentou, ele que me encarava há dias também havia de ter notado.

Quando a aula acabou, ele saiu, eu só vi que ele foi beber água. Eu queria fazer exposição da minha figura. Me deu uma sede do nada. Mas quando cheguei na água, encontrei ele com meu amigo-cheio-de-sex-appeal. E todo o sex-appeal que eu não tenho.


Eu mais uma vez estava sobrando. Sex-appeal mais uma vez venceu. Relações não existem. O que existe é o sexo casual baseado na quantidade de sex-appeal que você tem. Eu não tenho sex-appeal algum.

Eu só quis ir embora. E eu fui. Eu peguei uma chuva horrível que serviu pra me colocar no meu lugar. Como quem diz: “Acorda, desmonta essa roupinha que ficou bem e acorda! Você não chama atenção de ninguém. Se enxerga! Agora, molhado e destruído pela frustração mais imbecil do ano!”

Eu dei unfollow nele. Eu decidi pegar um livro e estudar. Se eu não tenho sex-appeal, tenho que ter diploma.




Ouvindo: Lights Out – Santogold

12 críticas:

FOXX disse...

bem, como te conheço pessoalmente eu posso dizer que vc não é uma criança nada sexy, vc é uma menininha virgem que quer casar virgem e que se esconde para evitar a tentação, isso sim... vc afasta as pessoas para evitar a tentação!

Paul disse...

Hahaha chocado com a declaração do fox aqui em cima!!

Mas te entendo. Tem dias que saímos nos sentindo super bem, e uma olhada - ou pior, a falta de uma - acaba com todo trabalho de auto estima!
Mas o negócio é aprender a expandir os horizontes. Existem outros olhares que nós não percebemos. E deixamos passar uma oportunidade apenas pela falta de atitude.

J. M. disse...

Menino...gostei da forma como você escreve. Não gostei desse desânimo. Confesso que um dia já fui assim como você, hoje ainda tenho traços, mas procuro ser melhor a cada dia e isso nao é fácil.
Menininha Virgem? Que quer casar Virgem? Hum....acho que vc está precisando é dar um up grade em sua vida, e aproveitar de verdade. Não somos felizes apenas quando estamos namorando alguém. Podemos ser felizes vivendo bons momentos com rapazes melhores ainda!!! rsrsrsrs. Abraço e vou te acompanhar, blz.

Mauri Boffil disse...

uhm...
eu concordo com o JM
Vamos a escola com a Norminha e vamos causar horrores!

Arsênico disse...

hahaha... atÓron... não será um bofeenho com sex-appeal que vai lhe deprimir néah?...

Up Honey... The life continue...

***

umBeijo!

Vanderson disse...

mininu o povo só vai te notar quando vc estiver bem com vc mesmo e me parece q v naum está (pelo menos estava até antes da água), mas veja esse seu amigo sexy só vai atrair carinhas para o sexo... a felicidade naum se resumi a namoro naum concordo com o Mauri q concordou com o J.M.

abraçoo
e adorei o blog!!

jhonathan disse...

Aham, vc se porta como uma criança, eu sou um feto entao?

Leandro K. disse...

ahmmmm
sex appeal é como beleza
onde vc não vê, outros vêem

Marcelo Novais disse...

ai amigooo eu queria tbm me sentir atraido! =/
adorei o texto!
bjoos!

Fabiano (LicoSp) disse...

Toda panela tem sua tampa. Acho que se voce não pensar da forma como esta pensando, com certeza irá se sentir atrativo.... afinal ele olhou pra vc não?!?

abs

Ausência Instável disse...

Poowwwwww, que situação.
Eu já passei por essas fases, mas eu nunca baixei a cabeça, porque todos nós temos nossos proprios valores, o nosso ego é a arma que atire em tudo que nós atralha, e eu aprendi a ter esse ego, de não deixar ninguém me colocar para baixo, porque simplesmente não entro no perfil sexual de alguém, me poupe, não sou comida, e nem sobremessa para ficar satisfazendo alguém, vc deve pensar o mesmo amigo, tem coisas que se deve valorizar mais, começando por nós mesmo.

Hoje é você que não me quer, amanha serei que não te quero, pense assim.

VOCÊ É CAPAZ DE TUDO.
Beijão!!!

Cínico disse...

Não dê ouvidos a essas pessoas u.u

Quem não tem sex-appeal, não tem u.u

Mas... meu bem, quando tiver o tal diploma, me procura que eu gamei oiq