Desabafo

domingo, 25 de outubro de 2009
Artesanato de Antonio de Castro



Me dói uma dor aqui,
Me dói uma dor pra sempre.
Até eu já cansei de mencioná-la.
Mas ela me dói tanto... tanto.

Eu não sei tirá-la de mim,
Nem fazê-la parar,
Quem sabe diminuir?
Não, eu não sei.

Me dói uma dor que insiste,
Me dói uma dor que mata.

10 críticas:

FOXX disse...

nossa!
uau!

Leandro K. disse...

dor não mata
garanto

Leandro K. disse...

pelo menos, não dor de alma

Arsênico disse...

Quiridjo... vc precisa ser mais forte... muito mais forte... aprenda com as adversidades da vida...

Aquelas lindas estórias são apenas de filmes... as reais são bem mais intensas...

Saiba vivê-la... feliz...

umBeijo!

***

A.M.B disse...

dói tbm em mim,

nem é uma dor
pra mim na real,


é só: poderia ser diferente.

abração!

Mauri Boffil disse...

linda musica...
mas, se dói, procure um remédio! A dor não pode persistir por muito tempo... se não pode agravar, e não queremos ver nosso querido pequeno diabo com dores graves!

Pollyanna disse...

idem.
mas depois de tanto tempo acabei me acostumando com a minha, tem dias que nem me lembro que ela esta ali, machucando o coracao.

beeijos Pequeno

Edu e Mau disse...

E o Google Reader me recomendou você, que pode até não ter o tal do sexo-apelo, mas que conquista no primeiro par de textos. Tô ficando!

Theo disse...

Que intenso...
Dor dói e passa. E saímos da dor mais forte.
Fique bem!

Abço ^^

Guy Franco disse...

E algumas cócegas, vai.