Memórias

domingo, 9 de março de 2008
Artesanato de Antonio de Castro

“Mas o tempo (e é outro ponto em que espero a indulgência dos homens pensadores!), o tempo caleja a sensibilidade, e oblitera a memória das cousas; era de supor que os anos lhe despontassem os espinhos, que a distância dos fatos apagasse os respectivos contornos, que uma sombra de dúvida retrospectiva cobrisse a nudez da realidade; enfim, que a opinião se ocupasse um pouco com outras aventuras.”

Memórias Póstumas de Brás Cubas, página 161, quinta frase.

Adorei receber o meme do Where is my mind?.

Repasso aos blogs:

http://dosetimo.blogspot.com – Do Sétimo Andar

http://etcdavida.blogspot.com – Pensamentos

http://euvoceemeuspensamentos.blogspot.com – Eu, você e meus pensamentos

http://doarmario.blogspot.com – Do Armário

http://abacate-azul.blogspot.com – Abacate Azul

Para os que não sabem, a idéia é pegar o livro mais próximo de você no momento e selecionar a quinta frase da página 161.

Esse livro que escolhi é mais do que especial para mim. Está sempre ao meu lado e não tenho o que reclamar dele. Além de ter me servido de ajuda quando estava numa fase ruim, leitura agradável e engraçada que muitas vezes me fazia rir e esquecer de tudo, ainda me deu a oportunidade de conhecer e apreciar Machado de Assis.

Engraçado reabrir esse livro depois de tanto tempo justo hoje. Hoje foi um dia maravilhoso. Reencontrei meus amigos de longa data. Meus melhores amigos. Aqueles que passaram comigo a época mais difícil da minha vida e souberam me dar a mão para ajudar em todos os momentos. Aqueles que dividiram comigo momento tristes e felizes, mas dividiram.

Foi uma tarde cheia de nostalgia, regada a pizza e refrigerante. Rimos, falamos altos e falamos palavrões. Com a graça que tem falar palavrão quando se é criança. Falamos de como as coisas têm andado para todos nós e todos queriam escutar um pouco a história do outro.

Adorei a tarde. Adorei poder revê-los e sentir como se nem um dia sequer tivesse passado. Adorei me sentir amado e lembrar que não tenho necessidade de procurar amor em pessoas de brincadeira, pessoas que só existem em minha mente.

Adorei lembrar que ainda tenho amigos, ainda que eles estejam longe e vivendo suas vidas. Que eu não era o único que às vezes se pegava pensando em como seria bom ter aquelas pessoas de novo por perto, em como seria bom poder abraçá-los ou desabafar com eles tudo lhe corrói o peito nas piores horas do dia.

Foi bom lembrar de fatos engraçados, constrangedores e como superamos tudo isso. Foi bom ver que mudamos, mas que nossa amizade permanece a mesma. Aquela amizade que divide o dinheiro da xérox, que pega o ônibus junto, que sabe o que o outro está pensando antes mesmo de o outro pensar.

Aquela amizade de secundário, de risadas bobas, de trabalho do semestre. Amizade de compartilhar coisas bobas, de contar tudo mesmo, de brigar.

Foi bom ainda ter aqueles amigos.

9 críticas:

Talvez eu conte... um dia. disse...

Oi Pequeenoo,
Primeiro quero agradecer o meme, e dizer que já o fiz... adoreei! Sempre fui adepta da leitura!
Sengumdo que: tem um presentinho pra você lá no blog!

Esobre a postageem so preciso dizer uma coisa "PERFEEITOO!". Como é bom reencontrar os amigos, quando ainda existe carinho... porque por mais que sigam caminhos diferentes, épocas passadas sempre foram muito boas!

beeijo

Râzi disse...

Olá, rapaz!

Dei uma sumida!

Mas já estou de volta!!!

Sabe, bom saber que vc está melhor!
E nada funciona tão bem pra isso que amigos!!!

Amigos realmente são uma coisa que nos move na vida!

Não tenho muitos amigos antigos, um bocado bem pequeno. Mas Deus me deu a graça de poder estar fazendo agora os amigos que ainda não tinha feito, pra poderem passar dos dedos de uma mão!

E espero que anos na frente, eu possa ter os mesmos pensamentos e memórias que vc!

Beijão!

Nadezhda disse...

Não gosto muito de escritores daqui, mas Machado de assis é demais!

Sempre bom rever amigos. Ainda mais quando consegue junta-los, o que no meu caso é bem difícil, já que uns mudaram de cidades, está cada um pra um lado!

E sempre termina com pizza esse tipo de coisa. E eu quase nem gosto sabe..

;)

laine. disse...

gostei do seu blog tb...
as citações, os textos...tudo!

continua indo lá no meu...

Abraços

Goiano disse...

ai que vergonha... eu devia ter te mandado o meme
mas eu para me desculpar vou ofercer o corpo... enao é para transplate de orgao ta... é so p usufruir em momentos de prazer
um bjo

A.azul disse...

haha..
amei!!!
nossa, muito obrigado mesmo, tava precisando de algo que me fizesse sorrir :)

^^

Nyna disse...

Olá.
Adorei o seu blog.
A parte dos amigos de dividir dinheiro da xerox e de pegar bus é ótima hahaha.
E Machado tbm é maravilhoso.
Beijos.

Leo disse...

Po kra, adorei o meme, brigado!
Ainda mais que eu ADORO o Machado de Assis. Ninguém escreve como ele!
E o texto caiu como uma luva, né?!
Tentei brincar também, mas eu to lendo um livro sobre a chegada da família real no Brasil, e a 5a linha da pag 161 era falando sobre a venda de porcos no rio de janeiro! hahaha
bjs

A.azul disse...

tipo.. não é que o relacionamento tenha acabado, só mudou.
mas eu vejo ela fazendo umas escolhas das quais vai se arrepender depois
mas meu dever eu já fiz, abri os olhos dela, agora cabe a ela analisar e pensar sobre isso!
Obrigado pela companhia!
beijos!