Atualização

sábado, 21 de junho de 2008
Artesanato de Antonio de Castro

Uma semana de silêncio. Ele ficou ausente da minha vida por longos sete dias. Dias suficientes pra eu mudar de perfume, pra eu gastar metade do meu salário, pra eu beber mais ou menos o dobro do que eu bebi na minha vida toda...

Hoje, entretanto ele me procurou. Uma ligação. Cheia de vergonha, poucas palavras. Nem eu nem ele sabíamos muito bem o que falar. Sabíamos o quanto o orkut atrapalhava tudo. Ele postava fotos da namorada, eu as via, ele não comentava nada comigo e dizia que estava apaixonado por mim, que nunca ninguém o envolvera tanto quanto eu o envolvi.

Às vezes chego a acreditar em tudo isso que ele diz a respeito de nós dois. Pra mim, isso também existe. Todo esse amor arrebatador que eu nunca entendi por que. E mesmo que existisse em minha vida uma menina, eu ainda assim continuaria sentindo aquela coisa forte ao ouvir sua voz.

Minha menina me ligou hoje, a garota do trabalho, com quem estava mais ou menos marcado de sair hoje de tarde, cineminha para confirmar o clima que rola entre a gente. Mas não aconteceu. O filme que queríamos ver só estava passando de noite e à noite ela teria um jantar de crepe com uma amiga do segundo grau.

Eu sei que essas coisas acontecem, mas se ela quisesse mesmo ir, não iria para um jantar de amigos, iria para o cinema comigo. Enfim, nós não fomos e ela pediu para eu (por favor) não arranjar nada para fazer sábado que vem para irmos ao cinema, pois esse filme ela quer ver comigo. Tudo bem , eu disse, não vou arranjar nada para fazer sábado pela segunda semana consecutiva só para sair com ela.

O Menino do beijo na esquina, na ligação de hoje, há umas cinco horas atrás, pediu para me ver hoje. Eu não dei certeza, ele disse que estaria em uma festa junina na qual eu também vou com uma amiga nossa em comum. Ou seja, nada vai acontecer lá. Essa minha amiga nem imagina que nós temos conversado pelo telefone e muito menos que temos trocado carícias públicas.

Enfim, ele quer me encontrar lá e me levar para sair. Falou sobre sair de verdade, com todas as letras. Tipo, fazer tudo até o fim. Que estava com saudades e que queria me entender a fundo e se entender. Entender o que se passa na mente dele e o que é isso que ele está vivendo agora graças a mim.

Na hora pareceu bonito. Era tudo que eu queria ouvir durante alguns anos. Mas ele já tinha dito coisas parecidas quando me beijou a força na rua, quando me reencontrou na faculdade e em outros momentos marcantes da nossa vida. E nada mudou. Essa ilusão de que ele vai largar a namorada, pedir para namorar comigo e me convidar para dormir na casa dele todo fim de semana depois de ver uns DVDs legais não passa disso mesmo, ilusão.

Mas eu sempre quis fazer isso. Dormir com ele, saber como ele é de verdade, se é metade do que eu imagino. Sei que não convém ficar falando de assuntos sexuais aqui, mas tenho vontade de fazer mesmo que depois nunca passe disso, mesmo que depois ele nunca mais me ligue, ou me ligue só para falar besteiras quando estiver com vontade de comer meu cu de novo.

Falando assim as coisas parecem tão ruins, mas acho que é só meu lado Mr. Brightside ao inverso.

Ouvindo: Trust me - Dee
Joy

5 críticas:

Nadezhda disse...

Esse cara não sabe o que quer da vida né?

Você devia desencanar, e viver sua vida. Não dá pra ficar dependendo da vontade dos outros!

;)

Kamilla Barcelos disse...

Não sei se valeria a pena botar todas as suas esperanças numa pessoa q quer duas coisas ao mesmo tempo. Sem te dar preferência!

Talvez eu conte... um dia. disse...

Concordo com as meninas... tente mudar um pouco!
Talvez te faça muito bem!

;*

Mariana disse...

Acho que ele esta assustado, não é facil de repente ele larga-la, as pessoas acham tudo mais facil quando estao de fora, eu poderia dizer que que concordo com as meninas(dos comentarios anteriores), mas eu sei o quando é dificil estar na situacao em que ambos estao, vc querendo que ele seja so seu, ele querendo se dividir ser dos dois...ja estive dos 2 lados...não é nada facil...de um tempo a ele...se de um tempo tbm...as coisas sempre dao certo de alguma forma, mesmo que num primeiro instante nao parecam...


bjoks

Leo disse...

Concordo que você deveria dormir com ele! Quem sabe você não desencanta! Não descobre que não era nada do que você esperava... sei lah, acho que vale a pena tentar, se você esperou tanto por isso...
E concordo com a Mariana... ele pode estar com medo! Estar ficando com um cara já é algo bem grande pra se lidar. Dá um tempo pra ele...