Eco

quarta-feira, 27 de agosto de 2008
Artesanato de Antonio de Castro

A primeira coisa que fiz na terça-feira foi ligar para a menina com quem perdi a virgindade para conversar. Há semanas ela me deixa recados no Orkut, pedindo para eu me reaproximar, dizendo que me ama e que sente minha falta.

Como eu já havia contado, no meu aniversário ela me mandou duas mensagens de texto justamente às 00:00h.

Será q já ta durmindo0? num sei...c tiver desculpa! keria tentar ser a 1a + achu
q ñ foi dessa vez, ta lento o negocio ake! rs... PARABÉNS... AMO VC!


ii amo vc dii novo! msm longe ii vc tendo me esquecido, preciso fazer meu
charme! rs saudades d+, cabeça... aaa, se cuida! dsculpa pela hora! bjos


O telefone a mãe dela atendeu. Eu sabia que ela estava em casa. Por isso deixei para ligar na terça. Dia sem aula na faculdade. A mãe dela foi curta e grossa: A ****** não quer falar com você.

Fiquei sem saber o que dizer. Só perguntei quando eu poderia ligar para falar com ela, disse que eu precisava. Tudo o que a mãe dela me respondeu foi um sonoro “não sei”.

Depois foi a vez do menino da faculdade. Esse semestre não puxamos nenhum matéria juntos, entretanto há uma aula, da turma dele, que eu assisto, só para passar o tempo e ter a visão de um outro professor.

Segunda-feira, nessa aula, ele não estava. Não tenho falado com ele, nem tenho notícia, mas pelo menos tenho certeza que ele não divulgou a minha ligação o sábado à noite para nossos conhecidos.

Agora é esperar o tempo passar e as coisas voltarem aos seus lugares.

Ouvindo: All Good Things (Come to an End) – Nelly Furtado

4 críticas:

Leo disse...

Passando aqui pra retomar o que perdi. Pelo visto foi muito!
Que merda hein?
Mas sei lá! Acho que você tirou tanta coisa de dentro de você! Tanto veneno que te corroía. É chato que tenha magoado os outros. Mas eles também já te magoaram muito. E é mais do que justo dividir um pouco essa dor com eles.
Vai te fazer bem jogar isso tudo fora.
Sei que são pessoas legais. Mas muitas delas saíram da sua vida. E isso não foi por nada. É assim mesmo, umas saem e outras entram. Não se apegue tanto a elas. Cospe fora o que te faz mal, e deixa rolar!
Grande abraço.
Ps.: pra mim isso é real!

Mariana disse...

oie...talvez tivesse sido melhor seguir teu conselho e ficar em terra firme mesmo! ahh...mas agora ja foi...aqui nao entendia nada, ela manda msg e depois nao quer falar contigo? ou ja rolava um stress com mae dela??

Mariana disse...

aiai...eu e minha mania de pegar o bonde andando e tentar ir sentanda...rsrs...deixa eu ler o post anterior....

bjooo

Râzi disse...

Bom, meu querido, chegou a hora de conter os estragos...

Pelo visto, a sua amiga não só ficou magoada como também envolveu toda a família na situação...

Nada melhor que o tempo...

Beijão!