Tudo ao mesmo tempo

domingo, 17 de agosto de 2008
Artesanato de Antonio de Castro

Uma semana depois do meu agitado aniversário. Tanta coisa aconteceu e parece que nada foi muito contabilizado por mim. Ainda não parei para pensar no que realmente tem acontecido.

Comecei na faculdade segunda-feira. A única pessoa que eu conheço nessa nova turma é um menino da minha turma antiga, um por quem eu já cultivei sentimentos bobos que graças a Deus não passaram disso, mas agora, com toda essa aproximação, tem ficado difícil evitar qualquer progresso.

Meu amigo hetero não tem tido muito contato comigo, já que eu estou trabalhando no turno da noite e ele, que está cumprindo carta de aviso de demissão, não tem dado muita atenção para o trabalho, ou seja, a hora que termina o expediente é a hora que ele vai embora e eu não tenho tido muitas oportunidades de conversar com ele para saber como as coisas estão.

Meu ex-namorado também não tenho visto muito. Mas troquei algumas palavras com ele, uma delas para saber se ele já sentia menos raiva de mim. Ele disse que sim, que ainda não se sentia bem ao meu lado, mas que as coisas estavam melhorando. Já era alguma coisa.

Outra coisa me deixou meio temeroso. Certo momento, conversado sobre meu ex com alguns amigos do trabalho, o meu colega, aquele que se assumiu, ficou falando que isso de ele sentir raiva de mim, na verdade era amor e que para ele o buraco dessa história era muito mais fundo. Falou como se meu ex tivesse contado para ele tudo o que tinha acontecido entre a gente.

Não tive a oportunidade de conversar com meu ex-namorado sobre o assunto também porque a mãe dele teve outros problemas e não convinha tocar nesse assunto num momento desses. Queria até ligar para ele, saber com as coisas estão, mas acho melhor não.

Parece que vou me afastar de todas as pessoas com quem tinha contato, mas é a vida, vai ser melhor para mim. Uma coisa é certa, meu rendimento na faculdade vai aumentar e muito e percebi que não sou mito dado a estudar a noite, perco minha atenção totalmente.

A menina com quem perdi a virgindade também apareceu com o meu aniversário, foi a primeira a me dar feliz aniversário em uma mensagem de SMS. Devia um telefonema a ela hoje. Um telefonema que acabei não dando até agora por falta de vontade ou por falta de coragem. As coisas estão bem, diferentes agora.

Essa semana também perdi uma amiga de trabalho, que foi demitida assim, do dia para a noite, sem dar motivo algum, minha gerente demitiu ela, que exercia a função há sete anos sem dar sinal algum de que seria demitida. Vou sentir sua falta, principalmente agora que meu amigo hetero também está para sair e uma outra amiga também pediu demissão para terça-feira.

Parece que está todo mundo ir embora e eu nem sei se isso vai ser importante, afinal de contas a vida inteira as pessoas vão embora e chegam novas pessoas. Por 19 anos tem sido assim e nos próximos 19 será da mesma maneira, e nos próximos também. Assim é a vida.

Mas tem sido difícil. Chorei bastante sexta-feira, chorei na quinta-feira... Não me canso de chorar só em pensar nas companhias maravilhosas que estou prestes a perder.

Enquanto isso, vou tendo aula de Cálculo 1, que por sinal tem sido muito agradável, com uma professora ótima, vou trabalhando de noite, numa paz sem igual, praticamente sozinho no laboratório.

Ouvindo: Nascente – Ed Motta e Flávio Venturini

3 críticas:

Nadezhda disse...

Têm vezes que aocntece tudo de uma vez só. E parece que nunca acaba.

Mas espero que no seu caso passe logo, porque sei o quão ruim é isso.

;)

De FDP todo mundo tem um pouco disse...

espero que passe o mais rapido possivel!!
gostei daqui
vamos nso linkar?

Talvez eu conte... um dia. disse...

Aai Pequeno!
Não adianta ficar trsite por essas coisas. Aprendi nessa minha vida, que amigos vêm e vão.
Como você mesmo disse, assim vai ser nos proximos anos...
A verdade é que a vida é um círculo... um dia, essas pessoas poderao voltar pra sua vida, ou não.
Mas pensa que o seu furturo pode estar garantido com esse afastamento, mesmo porque se seu rendimento melhora, outras coisas melhoram também!!

Tenha paciência, por que é só isso que precisamos!!

Beijos