28/02/09

domingo, 1 de março de 2009
Artesanato de Antonio de Castro

Começou com um telefonema. Para falar de um filme que eu vi. Um telefonema, dos telefonemas diários que faço a ela, minha melhor amiga. Conversa vai, conversa vem... Lembramos de um amigo em comum, tempos de escola, cujo Orkut estampava fotos do namorado. Sim, ele havia assumido.

Ela disse que aquilo era esperado, levando-se em consideração que a mãe dele era lésbica. Eu disse que não, que homossexualidade não tem nada a ver com criação. Ela parou para pensar e concordou, contando uma experiência dela própria.

Ela foi criada em uma família religiosa, igreja todo domingo. E ainda assim se descobriu excitada ao ver duas mulheres transando em um filme pornô barato. Me explicou que não era tesão pela mulher em si, mas pelo que elas faziam.

Eu decidi então falar que também tinha atração por homens. E que era gay. Assim, naturalmente.

De repente, d
e uma hora para outra, minha melhor amiga sabia do segredo que guardo desde que me entendo por gente. E foi tão fácil falar. Eu não esperava contar para ela, eu nem liguei pensando nisso... Aconteceu. E acho que aconteceu da melhor maneira possível.

If nothing ventured, nothing earned

Ela riu de início e perguntou se eu tinha certeza do que estava falando. Eu disse que sim. Ela disse que estava com vergonha por eu estar falando aquilo com ela, mas que de alguma maneira estranha se sentia honrada com aquilo. Ao que se seguiu mais umas boas gargalhadas.

Era uma nova fase que começava na minha vida. Era uma data para ser lembrada.

Ouvindo: The Next Time Around – Little Joy

8 críticas:

Autor disse...

É tão bom quando contamos pros amigos isso, né?
Eu lembro que me senti tão aliviado com isso.
hehehehe

Paul disse...

Q legal!
Um novo caminho se abrindo!

Pollyanna disse...

Olhha!! Parabeens!! Vc conseguiu!!

Alex&Elisa disse...

Pronto...já pode pedir pra ela apresentar os amigos gatinhos...hahaha

Beijos do Alex

FOXX disse...

o diabinho amadurecendo!

Autor disse...

Atualiza, atualiza!

BHY disse...

Olá,

Peço a você para ajudar na divulgação do abaixo-assinado para a campanha "Não Homofobia". Por favor, acesse o site e participe. Indique para os amigos, para os amigos dos amigos e vamos juntar 1 milhão de assinaturas. Nesse link há mais informações e um banner que você poderá colocar no seu site e ajudar na divulgação: http://beagay.blogspot.com/2009/02/nao-homofobia.html

Obrigado!

Râzi disse...

Menino, que bom que falou com ela! A gente precisa que algumas pessoas importantes pra gente saibam e, principalmente, aceitem. De que adianta a aceitação do mundo se não a temos de quem amamos??

Ah, obrigado pelo comentário! Cheguei a ficar emocionado, querido!

VC, com certeza, algum dia, vai viver isso! VC ainda está muito novo! Relaxe e aproveite!


^^

Beijão!